Em memória do escritor e promotor da cultura popular portuguesa.

O meu povo, George, não vê o mar; vê, quando pode, umas noites de luar.

— Quando o silêncio reverdece

Entre Quem É

Canal de divulgação da obra de António Cabral.

Ver todos os artigos

Cronologia